Quaresma, escola vital de purificação

07:00

A Quaresma é o "tempo favorável" para a redescoberta e o aprofundamento do autêntico "discípulo de Cristo". Não se conhece Jesus estando "do lado de fora", mas por meio da partilha de vida: "Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga" (Mc 8,34).
A conversão cristã, a "metanoia" evangélica, não é simplesmente uma conversão moral (embora exija isso), mas é conversão para Deus, como se revela nas escolhas messiânicas de Cristo (cf. Mt 4, 1-11), pois, do contrário, não se pensa segundo Deus, mas segundo os homens (cf. Mt 16, 21-23).
Consequentemente, no plano da vida, exige-se "aquela mudança íntima e radical pela qual o homem começa a pensar, a julgar e a reordenar a vida, movido pela santidade e bondade de Deus, como se manifestou e nos foi dada em plenitude no Seu Filho" (cf. Hb 1,2: Cl 1,19ss; Ef 1,23ss).
Assim, o cristão vive continuamente o processo de conversão, cujo princípio é o Espírito santo de Deus, recebido no batismo, "perdendo a própria vida por causa de Cristo e do Evangelho" (cf. Mc 8,35).
A Quaresma torna-se, então, escola vital de purificação e iluminação, pois vivemos as palavras de Jesus: "Convertam-se ao Evangelho" (Mc 1,15). Esta é a substância da espiritualidade quaresmal-batismal. Não estamos diante de uma simples exortação à conciliação fraterna, que também é necessária, mas, muitas vezes, ineficaz, ou de uma mudança de vida. Aqui se trata do reconhecimento e da acolhida da iniciativa de Deus, que, por amor, reconcilia-se com o mundo.

O tempo quaresmal, portanto, se torna escola vital de purificação e iluminação para todos nós, pois vivemos as palavras de Deus.
Do que você se lembra ao ouvir a palavra "escola"?
"Aprendizagem":
A Quaresma é tempo de aprender.
"Merenda": O tempo quaresmal é tempo de se alimentar da Palavra de Deus, se alimentar da Eucaristia na Santa Missa.
"Prova": Quaresma também é tempo de provação e tentação.
"Professor": Jesus Cristo é o nosso modelo de Mestre, tudo o que Jesus viveu, nesse tempo, em preparação para a Pascoa, também nós somos chamados a viver. Jesus foi conduzido para o deserto pelo Espírito Santo de Deus; também nós precisamos nos deixar ser conduzidos por Ele.
"Exercícios": Não dá para viver o período quaresmal sem fazer um exercício quaresmal que nos leve ao verdadeiro arrependimento e mudança de vida.
"Escola", "estrutura física": Precisamos estar inseridos em um lugar para que a formação aconteça em nossas vidas, e este lugar se chama Igreja, comunidade.
A espiritualidade da Quaresma é caracterizada por uma atenta e prolongada escuta da Palavra de Deus, pois ela ilumina o conhecimento dos próprios pecados, chama à conversão e infunde confiança na misericórdia de Deus. O exame de consciência cristão não é um fechar-ser em si mesmo, mas um abrir-se para a palavra da salvação e para o confronto com o Evangelho.
A espiritualidade quaresmal leva-nos a viver com mais intensidade e profundidade a relação interpessoal com Deus.
Padre Donizete Heleno
Sacerdote da Comunidade Canção Nova

fonte: Canção Nova

Compartilhe

Fundada no ano de 1758 no Distrito de Benfica, Município de Benevides, Estado do Pará. Administração: Pe. Saul Muniz, mps

Posts Relacionados

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »