Dia de Reis

05:02

dia-de-reis Gaspar, Baltazar e Belchior são celebrados no dia 06 de janeiro. Conta a história que o Rei Herodes havia pedido aos Magos que saíssem em busca do Menino-Deus, anunciado como o Salvador, e quando o localizassem, voltassem para que também pudesse adorá-lo.

Guiados por uma estrela, que nunca tinham visto, chegaram até um gruta e encontraram Jesus em uma simples manjedoura. “Depois, abrindo seus tesouros, ofereceram-Lhe como presentes: ouro, incenso e mirra” (Mt2, 11). Em sonho, foram avisados para não retornarem a Herodes (como este havia pedido) e regressaram por outro caminho.

Os reis magos, sabiamente, adoraram o Prometido e ainda Lhe ofereceram presentes que, na época, eram símbolos de riqueza e poder. A passagem registra que os “sábios e bons” curvaram-se a Cristo. Ou seja, independentemente de classe social, etnia ou credo, o povo estava reconhecendo Jesus como líder espiritual, libertador e Salvador da humanidade. O ato de presentear o Menino, significa despojamento. O ouro simboliza a realeza de Jesus (ele é Rei); o incenso indica sua divindade (Jesus é Deus); e a mirra, sua humanidade (Jesus é homem).

O Dia de Reis, encerra as festas natalinas, em que se desmontam as árvores de Natal, presépios e retiram-se os enfeites. Há a tradição cristã, mais conhecida na Europa, em que as pessoas se presenteiam e celebram Jesus. Essa data é popularmente chamada Epifania. Também existem outras festas, herança ou fruto de antigas tradições e países e religiões diferentes. Entre os nomes populares da festividade estão: reisados, folia de Reis e autos folclóricos, que envolvem música, dança e dramatização.

Compartilhe

Fundada no ano de 1758 no Distrito de Benfica, Município de Benevides, Estado do Pará. Administração: Pe. Saul Muniz, mps

Posts Relacionados

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »