TRASLADO PARA ANANINDEUA

00:01
Já publicamos aqui em nosso blog várias curiosidades sobre o círio de Nazaré, a festa da rainha da Amazônia. Começaremos a série de post, sobre as procissões que acontece antes, durante e depois do círio de Nazaré. Começaremos com uma procissão, que passa por quase toda a cidade, o traslado da imagem peregrina para Ananindeua.
Na sexta-feira que antecede o Círio, acontece o traslado da imagem peregrina para os municípios de Ananindeua e Marituba, um percurso de 48,5 quilômetros, que começa ao meio-dia e termina às 20 horas. O Traslado para Ananindeua, como ficou conhecida esta procissão, é realizado desde 1992. Nos dois primeiros anos, a imagem de Nossa Senhora de Nazaré era levada em um cibório, uma armação em metal constituída de um teto arqueado (abóbada), sustentado por quatro colunas retorcidas. Hoje, a imagem peregrina é levada da Basílica Santuário de Nazaré em uma réplica da Berlinda em cima de um carro da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A mudança ocorreu por conta da necessidade de proteger a imagem, que no cibório ficava exposta ao vento, sol e chuva.
O percurso inicia na Basílica Santuário e passa pelas avenidas Nazaré, Magalhães Barata, Almirante Barroso e BR-316. Depois, segue pelos bairros Cidade Nova e Paar, em Ananindeua, e entrada do município de Marituba, até chegar a Igreja de Nossa Senhora das Graças, em Ananindeua.
Lá a imagem fica em um palanque armado em frente à Igreja Matriz, onde passa a noite em vigília. Na manhã de sábado, a imagem é levada pelos devotos na romaria rodoviária. A qual veremos no próximo post, acompanhe!
Fonte: Site Arquidiocese de Belém


Compartilhe

Fundada no ano de 1758 no Distrito de Benfica, Município de Benevides, Estado do Pará. Administração: Pe. Saul Muniz, mps

Posts Relacionados

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »