4º ARCEBISPO DE NOSSA ARQUIDIOCESE DOM ANTÔNIO DE ALMEIDA LUSTOSA (1932-1941)

21:42
Dom Antônio de Almeida Lustosa, SDB, (São João del-Rei-MG, 11 de fevereiro de 1886 — Carpina, 14 de agosto de 1974), ingressou na congregação salesiana no dia 29 de janeiro de 1905. Foi ordenado sacerdote no dia 28 de janeiro de 1912, em Taubaté-SP, pelas mãos de Dom Epaminondas Nunes d'Ávila e Silva, bispo de Taubaté-SP.
Como padre salesiano, ensinou filosofia e teologia. Foi mestre de noviços, diretor e vigário.
Dom Antônio é promovido a arcebispo de Belém do Pará, pelo Papa Pio XI, no dia 10 de julho de 1931.
Dom Lustosa toma posse por procuração no dia 15 de novembro de 1931, nomeando imediatamente Monsenhor Argemiro Maria de Oliveira Pantoja, governador do Arcebispado que já vinha exercendo a função de vigário capitular da Arquidiocese desde 21 de julho. Sua chega a Belém do Pará foi no dia 17 de dezembro do mesmo ano, fazendo sua entrada solene na catedral no mesmo dia.
Em 1932 Monsenhor Argemiro Maria de Oliveira Pantoja é nomeado, pelo arcebispo, vigário geral da Arquidiocese.
Nos dez anos de seu governo, Dom Lustosa visitou todo o território da Arquidiocese, apesar das grandes dificuldades de acesso e excessiva extensão territorial. A partir de setembro de 1932, Dom Lustosa passa a publicar no periódico católico "A Palavra", suas crônicas relativas às visitas pastorais. Esta coluna terá o nome de "A Margem da Visita Pastoral"; a coletânea destes artigos foi publicada como livro. De sua pena saíram ainda muitos outros livros, entre os quais uma biografia de Dom Macedo Costa, Bispo do Pará.
Dentre as muitas realizações de Dom Antônio Lustosa, destacam-se a reabertura do Seminário Nossa Senhora da Conceição, confiado à administração dos salesianos; criação de diversas paróquias; instalação de comunidades religiosas dos Padres Crúzios, das Irmãs Filhas de Maria Auxiliadora, das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, das Irmãs Capuchinhas, das Angélicas de São Paulo e das Irmãs de Nossa Senhora da Anunciação.
No dia 19 de julho de 1941, o Papa Pio XIIDom Lustosa é transferido para a Arquidiocese de Fortaleza, Ceará.
No dia 30 de setembro de 1941 Dom Lustosa realiza uma de suas últimas funções litúrgicas como Arcebispo de Belém: a sagração da Basílica de Nossa Senhora de Nazaré, santuário dedicado à padroeira do Pará e da Amazônia, para onde converge o Círio de Nossa Senhora de Nazaré.
Dom Lustosa faleceu no dia 14 de agosto de 1974, aos 88 anos de idade, na casa salesiana de Carpina, Pernambuco, Brasil, onde viveu os seus últimos quinze anos. Está sepultado na catedral de Fortaleza, Ceará, onde em 1993 a Arquidiocese de Fortaleza abriu o processo canônico para sua canonização.
Em Belém do Pará, no dia 1º de janeiro de 2006 o Arcebispo de Belém Dom Orani Tempesta assinou o processo arquidiocesano, remetendo-o para Roma.
Fonte:wikipédia

Compartilhe

Fundada no ano de 1758 no Distrito de Benfica, Município de Benevides, Estado do Pará. Administração: Pe. Saul Muniz, mps

Posts Relacionados

Anterior
« Prev Post
Próximo
Next Post »